Abi Header 01
Abi Header 02 Abi Header Hover 03
Abi Header 04

O Grupo Globo divulgou neste 1º de julho, as diretrizes sobre como os jornalistas de seus diversos veículos devem usar as redes sociais. A reportagem com as recomendações foram publicadas no site de notícias G1.

Em uma carta dirigida aos funcionários, o presidente do Conselho Editorial do grupo, João Roberto Marinho, diz que as redes sociais são um dos fenômenos que definem o século XXI. Ele explicou que os jornalistas devem evitar tudo que possa comprometer a percepção de que eles exercem a profissão com isenção e correção.  João Roberto Marinho disse também que as diretrizes de como se comportar nas redes sociais não são exclusivas e que prestigiados veículos de comunicação do mundo já as praticam, citando o The New York Times e a BBC.

A reportagem completa com a carta do presidente do Conselho Editorial do Grupo Globo, você pode acessar no site G1 pelo link:
https://g1.globo.com/globonews/noticia/grupo-globo-divulga-diretrizes-sobre-o-uso-d-e-redes-sociais-por-jornalistas.ghtml

Aqui, você pode ler na íntegra, as diretrizes que foram incorporadas aos princípios editoriais do Grupo Globo.

As novas diretrizes

Seção II: Como o jornalista deve proceder diante das fontes, do público, dos colegas, do veículo para o qual trabalha e das redes sociais

(...)

5) Diante das redes sociais:

a) O Grupo Globo considera que toda rede social é potencialmente pública. Mesmo que alguém permita o acesso ao que nela diz ou publica a apenas um grupo de pessoas, há uma alta possibilidade de que tal conteúdo se torne público. E, quando essa pessoa é um jornalista, a sua atividade pública acaba relacionada ao veículo para o qual trabalha. Se tal atividade manchar a sua reputação de isenção manchará também a reputação do veículo. Isso não é admissível, uma vez que a isenção é o principal pilar do jornalismo. Perder a reputação de que é isento inabilita o jornalista que se dedica a reportagens a desempenhar o seu trabalho. Isso se aplica a todas as redes – Twitter, Instagram, Facebook, WhatsApp ou qualquer outra que exista ou venha a existir;

b) Em alguns casos, a perda da reputação de isenção é evidente de imediato. Em outros, é preciso uma análise criteriosa. Essa avaliação deve ser feita pelas chefias imediatas e compartilhada com a direção de redação, que decidirá quando é o caso de encaminhar a questão ao Conselho Editorial do Grupo Globo;

c) É evidente que, em aplicativos de mensagens, como WhatsApp e outros, em que há mais controle sobre o acesso, todos têm o inalienável direito de discutir o que bem entender com grupos de parentes e amigos de confiança. Mas é preciso que o jornalista tenha em mente que, mesmo em tais grupos, o vazamento de mensagens pode ser danoso à sua imagem de isenção e à do veículo para o qual trabalha. E que tal vazamento o submeterá a todas as consequências que a perda da reputação de que é isento acarreta. Assim, compartilhar mensagens que revelem posicionamentos políticos, partidários ou ideológicos, mesmo em tais grupos, exige a confiança absoluta em seus participantes – confiança que só pode ser avaliada pelo jornalista;

d) Em sua atuação nas redes sociais, o jornalista deve evitar tudo o que comprometa a percepção de que o Grupo Globo é isento. Por esse motivo, nas redes sociais, esses jornalistas devem se abster de expressar opiniões políticas, promover e apoiar partidos e candidaturas, defender ideologias e tomar partido em questões controversas e polêmicas que estão sendo cobertas jornalisticamente pelo Grupo Globo. Em síntese, esses jornalistas não devem nunca se pôr como parte do debate político e ideológico, muito menos com o intuito de contribuir para a vitória ou a derrota de uma tese, uma medida que divida opiniões, um objetivo em disputa. Isso inclui endossar ou, na linguagem das redes sociais, “curtir” publicações ou eventos de terceiros que participem da luta político-partidária ou de ideias. Quando acompanhar a atividade nas redes sociais de candidatos, partidos, entidades ou movimentos em torno da defesa de ideias ou projetos for fundamental para a cobertura jornalística, é permitido que o jornalista siga as suas páginas ou contas (mas não se deve curtir os seus posts). Quando for assim, o jornalista deve seguir todos os candidatos a um cargo majoritário e, nos outros casos, partidos e movimentos que defendam ideias opostas ou essencialmente diferentes, para que fique claro ao público que a iniciativa de os seguir não se deve a preferências pessoais. Da mesma forma, esses jornalistas devem avaliar se sua imagem de isenção estará sendo comprometida ao compartilhar material de terceiros. Agir de modo diferente compromete de forma irremediável a isenção do jornalista e mancha a reputação do veículo para o qual trabalha, com a consequência já mencionada;

e) Como em todos os veículos de imprensa, há no Grupo Globo jornalistas cuja função é analisar fatos e controvérsias e opinar sobre eles. Por óbvio, tais jornalistas não ferem o princípio da isenção. Primeiramente, porque agem com transparência, deixando explícito que não fazem uma reportagem objetiva sobre os fatos, mas a partir deles os analisam e opinam sobre eles (ver Seção I, item 1, letra t). É uma atividade jornalística diversa da reportagem, mas que atende também a uma demanda do público: ter acesso a opiniões e análises sobre fatos e controvérsias para que possa formar a sua própria opinião. Tais jornalistas, normalmente chamados de comentaristas, analistas ou colunistas de opinião, devem ter uma atuação na rede social que não permita a percepção de que são militantes de causas e que fazem parte da luta político-partidária ou de ideias. A eles, como a todos, é vedado apoiar candidatos ou partidos, dentro e fora de eleições;

f) Colaboradores, em seções de análise e opinião, que não sejam jornalistas, mas profissionais de outras áreas de atuação, devem julgar como atuar nas redes sociais, conscientes de que a sua reputação, fundamental para sua condição de colaborador, é afetada por essa atuação. Não é permitido declarar voto ou fazer propaganda para candidatos ou partidos no material produzido especificamente para os veículos para os quais trabalham;

g) Por razões correlatas, é imprescindível que o jornalista do Grupo Globo evite a percepção de que faz publicidade, mesmo que indiretamente, ao citar ou se associar a nome de hotéis, marcas, empresas, restaurantes, produtos, companhias aéreas etc. Isso também não deve acontecer em contas de terceiros, e o jornalista deve zelar para evitar tais ocorrências. Participantes de programas esportivos televisivos, radiofônicos ou transmitidos pela internet seguirão neste quesito a política comercial de seus veículos. O jornalista deve evitar criticar hotéis, marcas, empresas, restaurantes, produtos, companhias aéreas etc., mesmo que tenha tido uma má experiência. O motivo é simples: a posição que ocupa nos veículos do Grupo Globo pode levar a que tenha um tratamento preferencial no reparo de danos sofridos;

h) Essas diretrizes em nada diminuem a importância que o Grupo Globo vê nas redes sociais. O Grupo Globo estimula o seu jornalista e os seus veículos a utilizarem as redes sociais como valioso instrumento para se aproximar de seu público, ampliá-lo, reforçar a imagem de credibilidade de que já desfrutam, divulgar os seus conteúdos, encontrar notícias, fazer fontes. Nessa atividade, devem, porém, observar as regras até aqui descritas. E outras deste código;

i) Os jornalistas do Grupo Globo devem sempre priorizar os seus veículos na divulgação de notícias, ou seja: noticiar os fatos sempre em primeira mão nos veículos para os quais trabalham. Somente então, poderão disponibilizar as notícias nas redes sociais, mas seguindo regras: as notícias devem ser brevemente resumidas e acompanhadas de um link que permita ao leitor ler a sua íntegra no veículo que a publicou. Quando a notícia não dispuser de um link específico, é obrigatória a publicação de um link do veículo para o qual trabalha, com a especificação da editoria, para que o leitor possa buscar mais detalhes. Devem agir de forma igual os comentaristas, analistas e colunistas de opinião em relação ao que produzirem para os veículos para os quais trabalham;

j) A publicação de reportagens certamente vai gerar comentários dos leitores. O jornalista do Grupo Globo deve tratar todos com respeito. Pode esclarecer dúvidas e comentar críticas. Se estas forem ofensivas, talvez seja melhor simplesmente não responder. Se se sentir vítima de abuso, é legítimo que o jornalista do Grupo Globo bloqueie os ofensores. Mas é preciso critério: não confundir críticas contundentes, mas legítimas, com ofensas e abusos;

k) O jornalista do Grupo Globo, sem exceção, não pode, por óbvio, criticar colegas de suas redações ou de redações de competidores nas redes sociais. O crítico acaba sempre por se diminuir diante do público. Da mesma forma, chefias não devem usar as redes sociais para elogiar os próprios veículos ou criticar concorrentes. Elogios e críticas podem ser interpretados como arrogância, algo que deve sempre ser evitado. Nesses dois casos, com propósitos construtivos, devem ser sempre priorizados os canais internos;

l) Essas regras são válidas para todos os jornalistas do Grupo Globo e devem ser rigorosamente observadas. As chefias diretas ficam com a incumbência de implementá-las, torná-las uma realidade e, em caso de faltas por parte de jornalistas, dividir os episódios com a direção de redação do veículo, que decidirá então se é o caso de levá-los à apreciação do Conselho Editorial do Grupo Globo;

m) O Grupo Globo tem a compreensão de que, muitas vezes, o jornalista pode se sentir em dúvida sobre se um texto seu nas redes sociais resvala na tomada de posição, ferindo o princípio da isenção. A única solução é consultar a chefia.

Add a comment

WhatsApp Image 2018 06 15 at 7.59.01 AMForam cinco dias com intensa agenda de atividades que abrangeram vários assuntos e de alta relevância. Entre eles política, business, a promoção da língua portuguesa, o empoderamento da mulher, arte e cultura, futebol e a ação dos influenciadores digitais. O papel da mídia nos tempos atuais teve a participação efetiva da ABII, a Associação Brasileira de Imprensa Internacional. Também foram realizadas apresentações musicais e premiações das lideranças em negócios e dos destaques na comunidade brasileira.

A abertura do evento foi no Consulado Geral do Brasil com a exposição "Brazilian Eyes Boston”. Na sequência foi dada a largada para a realização dos painéis de debates, das duas noites de premiações e dos shows. O encerramento desta primeira edição do Focus Brasil na capital de Massachussets, foi coroado com a apresentação de Guilherme Arantes.

A produção do evento em Boston foi realizada por Andrea Vianna, Mara Rubia Sanfilippo e Alex Colombini. Eles foram unânimes em dizer que a comunidade do Brasil, em Massachussets, tinha carência deste tipo de acontecimento destinado especificamente para os brasileiros que vivem no exterior. Prova disso, é que todas as atividades garantiram a aprovação e o prestígio do público.

Para o criador do Focus Brasil, o jornalista Carlos Borges, a edição inaugural em Boston superou as expectativas. E ele garante: “Boston é, seguramente, a maior concentração de população de brasileiros vivendo numa única região metropolitana, no exterior, além de ter uma relevância cultural e econômica que nunca havia sido devidamente reconhecida. Isso agora é passado. O Focus Brasil veio para ficar e nós estamos muito felizes de termos alcançado um sucesso tão grande."

Add a comment

Leia mais...

Começou nesta quarta-feira (06) e vai até domingo (10), o Focus Brasil Boston. Durante estes dias, serão realizadas atividades de interesse da comunidade brasileira. 
Depois de 21 anos, o evento estréia na capital de Massachusetts. A estimativa é que nesta região chamada de “Grande Boston”, vivam mais de 300 mil brasileiros, constituindo a mais populosa concentração de imigrantes do nosso país, no exterior. 
 shutterst copy
O Focus Brasil Boston começou ontem (06) com a exposição Brazilian Eyes Boston, no Consulado do Brasil. Foram selecionadas 24 fotos com o tema “Visions of Boston” e  três expositores receberam os “Grand Prizes” -  Juri oficial, Juri da Imprensa e Escolha do Público.  
 
A programação segue com painéis, premiações e show. 
 
Hoje (07),  serão realizados os painéis sobre Participação Política e Business, no Dante Alighieri Institute. 
No caso do painel sobre política, os palestrantes que vão falar sobre “A importância da participação dos brasileiros na vida política americana” são Jamie Eldridge - Senador por Middlesex/Worcester – MA ; Lydia Edwards - City Council, District 1 – Boston ; Margareth Shepard - City Council, District 7 – Framingham ;  Marcony Almeida - School Committee member, Everett. 
 
O painel de business terá os palestrantes e empresários Fernando Castro falando sobre “Os pilares da gestão contábil” ; Humberto Costa - “Os fundamentos do empreendedorismo de sucesso” ; Fernanda Morais - “O poder do foco no empreendedorismo” ; Flávia Leal - “Os desafios da mulher empreendedora” ;  Artur Sousa - Empreendedorismo: Histórias de sucesso em Boston” ; Rosie Randen - “Passos importantes para o sucesso na América” ; Síbia Keila - “Educacao Financeira”. Também participam como moderador, o jornalista Jehozadk Pereira e o Presidente do CDLE, João Arruda. A coordenação será do empresário e publisher Alex Colombini e do jornalista e produtor Jesse Branth. 
 
Na sexta-feira acontece o painel da Língua Portuguesa coordenado pelos professores Rejane De Musis e Everton Vargas da Costa e tem como tema “Currículo”.Os palestrantes  são Adriana de Oliveira Lima - Doutora em Filosofia da Educação no Reino Unido ; Glaucia Silva - Ph.D. pela University of Iowa. Professora na UMass Dartmouth no Departamento de Português ; Everton Vargas da Costa - Doutor em Linguística Aplicada, Professor-Leitor do Itamaraty na Universidade de Harvard, Professor-Visitante de Português e Espanhol na Framingham State University ; Adriana Fernandes - Mestre em Educação pela Campbellsville University – KY, Language Liaison/Community Engagement Specialist at City of Somerville e Coordenadora do Projeto Praticutucá ; Josefa Silva - formada em Letras/Português com especialização em Língua Portuguesa e Arte-Educação, Mestranda em Inglês Como Segunda Língua / English as Second Language-ESL, Professora no Programa Bilíngue de Português das escolas públicas de Framingham ; Michele Lima - formada em Letras/Inglês pela Universidade Estadual de Maringá-PR (UEM), fundadora e diretora do CEHB – Centro Educacional Herança Brasileira.
 
Outro painel que será realizado amanhã é o Soccer in Focus que terá como palestrantes convidados, Renato Valentim, Presidente do Boston City FC - “Modelo empresarial do futebol nos EUA” ; Palhinha, Técnico do Boston City FC - “A diferença entre ser técnico no Brasil e nos Estados Unidos” ; Gabriel Meirelles, ex jogador do New England Revolution - “O caminho de um jovem brasileiro no futebol norte-americano”. Estão previstas apresentações de clubes e academias regionais de futebol, com a presença de torcidas organizadas de clubes brasileiros, com sede em Massachusetts. Ao final do evento, uma das torcidas será premiada com o troféu “Torcida Camisa de Ouro”. O painel está sendo coordenado pela 1260 AM – Nossa Rádio. 
 
O Painel Mulher Brasileira, coordenado pela Associação de Mulheres Empreendedoras, acontece no sábado, dia 9 de junho. As convidadas especiais são a Embaixadora Glivania Maria de Oliveira e a jornalista, apresentadora e atriz, Fernanda Pontes. A coordenação é de Lilian Mageski, Fundadora e Presidente/AME ;  Janaina Suarez, Diretora/AME ; Mila Lopes - Coordenadora/AME ). Como palestrantes: Lilian Radke - “Recursos que os EUA oferecem às mulheres que possuem pequenas empresas” ; Rayssa Coutinho - “Criatividade de ser quem somos” ; Poliana Bastos - “A Mulher Moderna Conectada ao Futuro” ; Flávia Thornson - “De bem com o espelho”.
 
Também no sábado, 9 de junho, acontecerá o Painel da Mídia/ABI Inter - Associação Brasileira de Imprensa Internacional - que vai levar para Boston a experiência feita em Londres-2017: “Showcase dos Influenciadores Digitais”. Serão 19 influenciadores brasileiros de atuação relevante e baseados no Estado de Massachusetts que vão apresentar seus trabalhos, suas propostas e como se posicionam no revolucionário mercado da comunicação digital. Os influenciadores convidados são: Andreza Moon, Beto Moraes, Eduardo Oliveira, Jesse Branth, Jordana Luchetti, Leandro Alves, Mara Rubia Sanfilippo, Marcelo Benevides, Ronaldo Felício, Sérgio Resende, Sheyla Abreu Kennedy, Simoneide Almeida, Talita Teixeira, Thaís Victorello, Tathyanno Desa, Thiago Costa, Jehozadak Pereira, Eliseu Caetano e Lilian Mageski. O painel será coordenado pelo empresário e radialista Sidney Boeira e terá como convidado especial o empresário e publisher Marco Alevato, o novo presidente da ABI Inter.
 
No domingo, dia 10 de junho, acontece o painel Artes e Cultura com a coordenação de Robson Lemos. Serão realizadas palestras dos seguintes artistas: Artes Visuais – Margarette Mattos, a mais premiada e nacionalmente reconhecida artista plástica brasileira em New England ;  Expressões Culturais Brasileiras – Wanderson Terterelho, professor de dança, coreógrafo, promoter, organizador e diretor do Forrofest USA-Boston ; Samba – Ines Ouedraogo, dançarina francesa  envolvida com cultura brasileira, integrante do grupo Samba Viva ; Capoeira – Mestre Chuvisco, Presidente da Associação de Capoeira Mandigueiros dos Palmares que há mais de 10 anos, desenvolve aulas e performances de capoeira na regiao de Massachucetts e em festivais por todo os EUA ; Teatro – Edel Holz, Fundadora do grupo “Teatro Brasileiro de Boston” há 14 anos que monta 5 espetáculos por ano entre textos originais, adaptações de clássicos do teatro mundial e espetáculos infantis ; Teatro & Educação – Robson Lemos, premiado ator, diretor e professor de teatro ; Stand Up comedy – Jesse Brant, ator, produtor e diretor teatral com vasta experiência em grandes produções de espetáculos de teatro, filmes, comerciais de TV e apresentação do programa “Salada Brasil” na web ; Música – Ari Mendes, músico, produtor, arranjador, engenheiro de gravação, mixagem e masterização ; Forró – Jatir Vieira é o líder da Banda Raizes que é um quinteto baseado em Boston e que toca forró, sertanejo e outras músicas de dança brasileiras ; Percussão – Julio Santos, formado pela Berklee College of Music em Contemporary Writing and Percussion é percussionista e leciona música em escolas públicas e particulares na área de Boston, além de fazer shows com artistas brasileiros em turnê pelos EUA.
 
Entre os pontos de destaque na programação estão as duas noites dedicadas ao reconhecimento e celebração de excelência e conquistas dos brasileiros na região de Boston. 
Na sexta-feira (08) acontece o “Focus Business Award",  com um jantar e show especial com a dupla “Receita de Samba” (Anna Borges e Bill Ward), cantando clássicos da MPB, Bossa Nova e Brazilian Jazz.
No sábado, dia 9, é a vez do "Focus Award"  para os destaques nas mais diversas áreas de atuação da comunidade brasileira em Massachusetts. Apresentações musicais de Ari Mendes, Elaine de Jesus, Rick Cesar, Sophia Holz, William & Wilmar, Jatir e Banda Raízes. 
 
No domingo, no encerramento do Focus Brasil Boston vai ter um show especial do superstar da MPB, Guilherme Arantes. 
Add a comment

Caros associados da Associação Brasileira de Imprensa, segue abaixo a Chapa ABI Inter 2018/2020 que será aclamada na Assembléia Geral da entidade neste próximo sábado, dia 12 de maio, às 9.00am, durante a reunião de diretoria, no Einstein Room do Broward Center for the Performing Arts. Como rege o estatuto, foram feitas 3 convocações para formação de chapas (via email, site e facebook). Somente uma chapa foi apresentada para concorrer ao termo 2018/2020.

Add a comment

Leia mais...

May 8th, Tuesday / Riverview Ballroom
VISUAL ARTS PANEL by The55Project

Workshop Program

  • 10:00am / 10:05am - Opening Remarks
    Maria do Carmo Fulfaro  &  Flávio Macuco , Co-founders The55Project
  • 10:05am / 10:50am - Workshop Coaching   “Living our Life Full Spectrum” by artist  Carmem Gusmão
  • 10:55am / 11:40am - Workshop Media Training by journalist  Chris Delboni
    Add a comment

Leia mais...

O Painel da Imprensa da ABI Inter no Focus Brasil apresenta preletores que vão abordar temas de interesse da imprensa brasileira nos Estados Unidos. Este ano o tema é A Imprensa nos Estados Unidos, Perspectivas para um Mercado em Transição. Conheça nossos palestrantes:

palestrantes 2018

CHRIS DELBONI: Jornalista, professora acadêmica e coach de jornalismo. Publica a coluna Direto de Miami há mais de 5 anos. Palestra: DESAFIOS DA MÍDIA NO MUNDO MODERNO. Chris Delboni vai analisar os desafios da mídia nos dias de hoje, apresentando 10 tips para vencer as maiores ameaças contra o jornalismo contemporâneo de qualidade.

Add a comment

Leia mais...

A lista dos premiados da Associação Brasileira de Imprensa Internacional acaba de ser divulgada. A premiação é o resultado da votação popular e dos votos dos membros ativos da entidade. Estiveram concorrendo os veículos e profissionais de comunicação associados à ABI Inter.

Este ano, na primeira etapa, tivemos um público recorde de votantes que escolheram, por voto popular, 6 veículos e profissionais de imprensa em várias categorias. Na segunda etapa, os profissionais de imprensa associados à ABI Inter que estão com sua filiação em dia com a entidade escolheram o veículo e o profissional de imprensa entre os 6 finalistas.

Além do conjunto de premiações que foram à votação popular, o board of directors da ABI Inter apresenta o prêmio Reconhecimento Jornalístico de Integração Comunitária aos veículos que se destacaram em 2017.

Add a comment

Leia mais...

Este ano, a tradicional feijoada da ABI Inter (Associação Brasileira de Imprensa Internacional) acontece no sábado, dia 12 de maio, às 1.00pm, no Chima Brazilian Steakhouse, em Fort Lauderdale (2400 E Las Olas Blvd, Fort Lauderdale, FL 33301). Será uma tarde de confraternização dos profissionais da imprensa de todos os Estados Unidos,com a presença das associadas da AME (Associação de Mulheres Empreendedoras), líderes e empresários locais. os ingressos estão sendo vendidos por $40.00 no via evenbrite e $50.00 na porta. Para reservar sue lugar clique no link https://www.eventbrite.com e garanta já o seu lugar.

TICKET

Add a comment












Jornalista Lucas Mendes, homenageado do jornal The Brasilians no Brazilian International Press Awards, fala da importância da notícia local no mundo globalizado.

Login